Correria duzinferno

30 05 2007

Já, já eu volto.
Eu acho.

Anúncios




24 05 2007

Se você fosse um par de óculos, onde você se esconderia, bem escondidinho, pra sua dona não te achar de jeito nenhum?





A propósito

23 05 2007

Se alguém precisar de uma designer, diagramadora, diretora de arte ou qualquer outro nome que você chame essa bagaça, tamos aí.

Frila, de preferência.





23 05 2007

Eu, desempregada, estou trabalhando muito mais do que quando estava empregada.
Ganho bem menos.
Não tenho garantias.
Não tenho nada fixo.
Não tenho certeza.
Não tenho clientela.
Não tenho porra nenhuma.

E, por incrível que pareça, estou mais tranqüila.





Mulher-oncinha

23 05 2007

Eu vi. Sábado. No elevador.
Não, a Mulher-oncinha não vestia calça, blusa, sapato e bolsa de oncinha. Ela tinha um moicano vermelho comprido, ladeado de um raspado alto pintado de oncinha.
Sim, sim, ela tingiu de oncinha o cabelo que rodeia o moicano vermelho. Em três tons. Perfeitamente.

Eu sei, vocês não acreditam. Eu também não acreditaria.
O fato é que eu não tinha uma máquina fotográfica, e nunca vou me perdoar por isso.





Robério de Ogum

20 05 2007

Lembram dele?
Então, estava na televisão novamente. No seu próprio programa, vejam vocês. Entrevistava uma moça que sente as necessidades das cobras, e resolve seus (das cobras) problemas dando carinho a elas.

Hm…





14 05 2007

– Gente, sem música não dá pra trabalhar. Não dá pra pôr alguma coisa aí?
– Péra, vou ligar o MP3 na caixa de som.
– Que tem aí?
– Ah, tem um monte de música daquele barbudo esquisto, sabe?
– Barbudo esquisito?
– Aquele que morreu.
– O Enéas?