Então

28 10 2005

Pra quem tava sem tempo, ahn…

Anúncios




Momento Google (só pra matar a saudade, vai)

28 10 2005

2h30 sao quantos segundos?
É uma conta muito complexo e você esqueceu o “Senhor Googgle”. Ele não aceita esse tipo de intimidade.

fotos de cabelereiro secando cabelo
Mas deve ser empolgante, hein.

qual a diferença entre frutas decentes e indecentes
As frutas decentes vão à missa todo domingo. As indecentes se divertem.

frutas decentes e indecentes qual a diferença
O mais interessante é que a pessoa não desiste. Foram dois acessos por cada um dos dois links.





PENSE num lugar abençoado! ®

27 10 2005

Ali no fim da rua tem uma igreja católica.
Um pouco mais pra cá tem uma igreja protestante.
Na esquina tem a Associação de Estudos Cabalísticos do Brasil.
Aqui em frente tem a Ordem dos Bispos Protestantes do Brasil.
Logo na rua de trás tem uma Universal do Reino de Deus.
Mais pra cá um pouco vai abrir uma nova. Soube hoje. Qual será?
Só não sei onde fica o terreiro de macumba. Deve ter algum, não é possível.





E aproveitando que eu tô por aqui mesmo…

27 10 2005

Minha nova tara: sanduíche de requeijão, geléia e queijo branco. NHAM!





Da série "Porque errar pouco é bobagem"

27 10 2005

Eu não só errei o nome da pessoa, como também o nome da banda onde a pessoa toca e o link pro site da banda.
É um luxo ou não é?
Aposto que vocês estão se perguntando como é que eu consigo tamanha proeza. É, gafanhotos, não é pra qualquer um, portanto, não tentem fazer isso em casa.

Mas vamos corrigir as coisas, pelamordedeus.
O nogóço é o seguinte: o Rafael (com f, notem) toca bateria no Soybonilla (sem br, percebam) junto com o Raphael (com ph, vejam), que toca guitarra e canta, e o Marconi, que toca violão e também canta.
Ele, o Rafael (com f), diz que quem comenta aqui é ele, maaaaaaaaaaaaas eu acho, e vejam que isso não garante absolutamente nada, que o Raphael (com ph) também já comentou aqui. Mas isso eu só acho.
O Marconi eu sei (sei?) que nunca comentou aqui. Bom, eu acho que sei. Aliás, Rafael (com f), por que o Marconi nunca comentou aqui? Chama ele aí que eu preciso ter uma conversa muito séria com esse rapazinho. HUMPF!

Então é isso. Os Rafas e o Marconi são do Soybonilla, que é uma banda bem supimpa zum. Entrem lá no site deles e ouçam as músicas, vocês vão gostar. E se não gostarem, azar o de vocês, criaturas insuportáveis. Eu gosto, e eu sou legal.

Viram como é fácil trocar a vida das pessoas? Quase que o Daniel, que eu nem sei de onde saiu, aprendeu a tocar bateria em menos de 30 segundos.

Ai ai, viu…

Meninos, um milhão e meio de perdões pela confusão. Eu sou lesada, vocês sabem.
Bem, se não sabiam, agora sabem. :-/





O nogóço é o seguinte

25 10 2005

Tô COMPLETAMENTE sem tempo pra atualizar isso aqui.
Não, não me olhem com essa cara de “lá vem esse papinho de novo de que essa desocupada tá sem tempo. Tá é querendo aparecer, esperando todo mundo dizer pra ela voltar. Deve estar carente, sozinha, largada, abandonada num cantinho escuro e tá precisando de uma massagem no ego”.

Ora, ora, ora, quando é que eu faria uma coisa dessas? Justooooo eeeeu, uma pessoa que nuncaaaaaaaa faz manha ou drama. Façam-me o favor. Como vocês podem pensar uma coisa dessas de miiiiiiim? Leitores desalmaaaaaaaaados, cruéééééis, sem coraçããããão. QUE INJUSTIÇA COMIGOOOOOOOO.
Ok, parei.

O fato é que eu vou muito bem, obrigada. Mas sem tempo, desculpem.
Eu juro pela Grande Abóbora que dessa vez é a mais pura verdade. Não tô tendo tempo pra nada mesmo. Nada. Sabe nada? Então, nada. Nadica. Nadiquinha mesmo.
Tá complicada a situação.
Neste exato momento, por exemplo, eu deveria estar trabalhando, mas eu já não aguento mais. Vou largar tudo, dormir e terminar amanhã.

Eu volto, peçonhas. Eu juro que volto. Eu sempre volto. E acho que logo.
Mas enquanto isso não acontece, nossa campanha “Faça um casal feliz. Doe um apartamento” continua. Colabore.

UPDATE
Achei a sugestão do Daniel (é o Daniel do Soy Bonilla? – que eu não lembro como escreve e agora é impossível procurar. Depois eu corrijo e ponho o link, juro esquece, o do Soybonilla é Raphael. Eu sabia que era um el, só não sabia qual el. Sim, eu sou lesada, troco nomes, confundo as pessoas, não sei de onde conheço alguém ou até se realmente conheço, quando citam alguma história que eu já sabia nunca sei se alguém me contou que aquilo aconteceu de verdade, se eu sonhei ou se foi uma história inventada e todo esse tipo de manezice, assim como achar que conheço esse Daniel de algum lugar. Você vem de onde, Daniel? Olha só que parênteses enorme, hein. Acho que vou continuar a escrever aqui no parênteses. Hum… não? Então tá. Voltemos. Achei a sugestão do Daniel que eu não sei quem é…) maravilhosa e vou lançar outra campanha, aliás, mais duas.

“Faça uma designer feliz. Doe um notebook (de preferência um Powerbook G5)”
Campanha que visa o desenvolvimento profissional de uma pessoa competente e aplicada que não tem condições de pagar pelo seu próprio notebook. Vocês não vão se recusar a colaborar com o crescimento profissional de alguém, né?

“Faça um casal feliz. Patrocine uma viagem a um paraíso natural”
Campanha que visa o repouso e o revigoramento (se isso não existia, agora existe) de um casal cansado, estressado e que precisa de uma folga, mas não tem como bancar esse retiro merecido.

Agora temos três campanhas em vigor. Colaborem. Escolham uma ou colaborem com as três de uma vez.
Obrigada, Daniel, sua idéia foi ótima. Mas isso não te isenta de colaborar também, viu, coisinha mais fofa da tia.

E não, eu não tô com vontade de tabalhar hoje. :-/





Eu não quero discutir o referendo

10 10 2005

Mesmo.